As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Corumbiara

Luiz Zanin Oricchio

19 Março 2009 | 09h33

Comecei a assistir às sessões de imprensa dos filmes que participarão do festival de documentários É Tudo Verdade (começa semana que vem, dia 24, em São Paulo). E já posso fazer uma recomendação: não deixem de ver Corumbiara, de Vincent Carelli. Filme sobre a questão indígena mas passando longe dos clichês “bon sauvage”, em geral tão inócuos quanto bem intencionados. Carelli, que há muito trabalha com o tema, vai em busca do que resta de uma etnia que, supõe-se, tenha sido dizimada por fazendeiros, num dos inúmeros conflitos de terra do Brasil. O filme tem o tom de uma investigação, e de um mergulho na cultura alheia. Acho que forma um belo conjunto com Serras da Desordem, de Andrea Tonacci, e, talvez, com Terra Vermelha, de Marco Bechis. São filmes que colocam a questão indígena em outro patamar. Beneficiam-se de olhares diferenciados dos diretores que, por sua vez, usam recursos de linguagem cinematográfica também inovadores para tratar do tema.