As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Anos Felizes *

Luiz Zanin Oricchio

04 Junho 2014 | 19h28

Anos Anos Felizes, de Daniele Luchetti, talvez não seja – e não é – um grande filme, mas é, no mínimo, bastante agradável e digno de ser visto. Luchetti, autor de Meu Irmão É Filho Único, não é cineasta de grandes invenções formais. Aliás, não inventa nada. Mas revela-se eficiente em suas escolhas dramatúrgicas. Por exemplo, consegue interessar o espectador (pelo menos este aqui) com a história de um artista problemático, Guido, (Kim Rossi Stuart), que entra em rota de colisão com a própria família (dois filhos e a incrível Micaela Ramazzotti, no papel de Serena), muito em função de suas opções estéticas.

* Leia a crítica completa:

http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,sem-invencoes-anos-felizes-consegue-cativar-o-publico,1504431