A fase dos melhores do ano chegou. O que escolher entre os estrangeiros?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A fase dos melhores do ano chegou. O que escolher entre os estrangeiros?

Passamos o ano nos queixando da safra cinematográfica, mas quando chega a hora de fazer a lista dos melhores descobrimos que temos muito mais candidatos do que vagas. E choramos pelos que ficarão de fora

Luiz Zanin Oricchio

12 Dezembro 2017 | 14h05

Todo ano é assim. Dizemos que foi tudo medíocre, que a safra é péssima, mas, quando damos início à lista, descobrimos que temos muito mais candidatos que vagas para preencher.

Fui jogando no papel os filmes que me chamaram a atenção durante 2017.

Deem uma olhada no meu universo de escolha:


Paterson

Corra!

Dunkirk

Frantz

Eu, Daniel Blake

O Apartamento

Manchester à Beira Mar

Moonlight

Mistérios da Costa Chanel

O Cidadão Ilustre

Últimos Dias em Havana

Eva Não Dorme

A Garota Desconhecida

Tony Erdman

A Morte de Luiz XIV

Detroit em Rebelião

El Amparo

À Noite Sozinha na Praia

Com Amor Van Gogh

E poderia colocar outros mais, como Blade Runner, por exemplo.

 

Como escolher 10, ou 5? Ou, pior, três entre eles?

Depois faço um post para os brasileiros

Mais conteúdo sobre:

melhores do ano 2017