Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Xuxa

Cultura

Luiz Carlos Merten

15 Dezembro 2007 | 22h54

Que dia, minha gente. Minha sexta-feira já tinha sido punk, enfrentando a Marginal (na ida e na volta) e ainda errando de shopping para ver ‘Xuxa em Sonho de Menina’ e depois entrevistar a própria. Vou logo dizendo que não gostei do filme – retrospectivamente, chego à conclusão de que ‘Xuxa Gêmeas’ era mais divertido, tinha mais pique e a própria Xuxa arriscava-se a representar, embora ela reconheça que não é atriz -, mas tenho de admitir que gostei de conversar com ela. O filme me pareceu meio esquizofrênico. Celebra o sonho de Xuxa de virar apresentadora de televisão no momento em que a Globo – foi o que a imprensa do Rio andou dizendo – teria dispensado sua estrela. Não é bem assim e Xuxa fala do rompimento que não houve, de filmes, de planos. Você pode fazer todas as críticas que quiser. Ela ouve e, quando não concorda, argumenta. Nada de piti. Eu teria tido um piti se fosse diferente, depois de toda a correria para cumprir minha pauta de ontem. Mal sabia eu das emoções que o sábado me reservava. Vocês já vão saber. No próximo post.

Encontrou algum erro? Entre em contato