Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » WWII

Cultura

Luiz Carlos Merten

20 Julho 2007 | 16h03

Passei em casa, na volta do aeroporto, para deixar a mala, e encontrei um pacote de DVDs da Paramount, que me enviou a assessora Madalena Martins. Entre eles há uma caixa muito interessante, e que já recomendo, mesmo sem ter visto os extras – chama-se WWII, iniciais de World War Second (2ª Guerra Mundial), com três filmes. O Resgate do Soldado Ryan, do Spielberg, me parece o menos bom, embora o diretor tenha recebido o Oscar de direção, coisa e tal. Acho o início impressionante, a idéia retirada do Talmude – de que uma vida humana vale todo sacrifício – é forte, mas o Dia D me impressiona muito mais na reconstituição de Darryl Zanuck, a partir do livro de Cornelius Ryan, O Mais Longo dos Dias. Gosto mesmo é dos outros dois filmes que integram a caixa – Inferno 17, com William Holden e Otto Preminger, é um grande filmes de Wilder e O Inferno É para os Heróis, com Steve McQueen, de Don Siegel, é – não tenham dúvida – um dos grandes filmes de guerra de todos os tempos.