Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Vocês sabiam?

Cultura

Luiz Carlos Merten

02 Abril 2011 | 11h58

No meu quarto de hotel em Los Angeles, havia um exemplar da revista ‘Angeleno’, que dfá conta do movimento cultural (e das ofertas de consumo, caríssima) da cidade. Havia uma entrevista com Paul Bettany, cujo novo filme, ‘The Priest’, estreia este mês nos EUA e há grande expectativa de que seja um blockbuster. Já entrevistei Paul Bettany e o acho muito legal. Ele é casado com Jennifer Connelly e passa a ideia de ser louco pela mulher (louco seria se não fosse). Mas lia eu o texto quando descobri o que não sei se vocês já sabiam. Como se chama mesmo o diretor de ‘O Discurso do Rei’? O cara escreveu/formatou o filme para Bettany, que, na jhora H, abandonou a produção porque outro filme havia atrasado e ele teria de entrar imediastamente em pré-prodfução. Isso significava ficar afastado mais um tempo de Jennifer e do filho, que reclamava a presença do pai. Bettanuy abriu mão do paspel,. que foi oferecido a Colin Firth e o resto é história. ‘O Discurso’ serria a mesma coisa (melhor?) com Paul Bettany? Não sei, mas adorei o que ele diz. Bettany é um homem de família, não quer quwe o filho seja criado por empregados, mas ele admite que não faria tudo de novo do mesmo jeito. Da próxima vez, ele tentaria convencer o garoto de que o filme seria importante para papai. Seria importante a ponto de lhe dar um Oscar? Talvez tenha sido melhor assim. Não sou um grande fã de ‘O Discurso do Rei’, mas não sou louco de negar as qualidades do filme (e da interpretação de Firth). Não consigo ver Paul Bettany no papel e, com ele, acho até que seria um repeteco de seu filme sobre Darwin, outra história – ou tragédia – familiar. Minha pergunta que não quer calar – se Bettany fizesse o rei, Jennifer seria a sua rainha? Bye-bye, Helena Bonham Carter?