Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Visconti!

Cultura

Luiz Carlos Merten

13 Março 2007 | 12h36

Ganhei meu dia. Recebi agora de manhã um telefonema de Sérgio Leehman, ex-diretor de programação da rede Telecine (Brasil) e que agora desempenha o cargo em Portugal. Sérgio deu à rede Telecine o formato que tem e fez ciclos maravilhosos, principalmente no ex-Telecine Classic, atual Cult. Ele é leitor do blog e até postou um comentário no outro dia, quando eu lamentava a ausência de cópias de Vagas Estrelas da Ursa. Sérgio descobriu que a Columbia, que lançou o filme nos anos 60, continua detentora dos direitos da obra-prima de Luchino Visconti, por intermédio da marca Sony. Fuçando daqui e dali, conseguiu uma matriz boa e agora vai lançar Vagas Estrelas na TV paga, em abril, num ciclo dedicado ao cinema italiano que também terá mais duas raridades – La Notte Brava, que se chamou no Brasil A Longa Noite de Loucuras, direção de Mauro Bolognini, com roteiro de Pasolini, e O Ferroviário, de Pietro Germi. Estou nas nuvens. Vagas Estrelas! A Longa Noite de Loucuras! Fazendo mea-culpa, tenho de dizer que pertenço a uma geração que menosprezava Bolognini, dizendo que era um Visconti de butique, mais preocupado com a cenografia do que com a essência dos personagens. Cada vez me convenço mais que Bolognini era melhor que isso e que a sua trilogia com roteiros de Pasolini (A Longa Noite, O Belo Antônio e Um Dia de Enlouquecer/La Giornata Balorda) foi muito mais importante do que parecia, no quadro do cinema italiano por volta de 1960. E o Sérgio me deu mais duas boas novas. Vamos ao próximo blog, para não embolar os comentários.