Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Valente!

Cultura

Luiz Carlos Merten

02 Outubro 2007 | 13h50

RIO – Estou há dias para acrescentar outro post e eu próprio já tremo quando penso, porque em geral tem saído m… quando termino por postar rapidinho, na corrida, como digo, sem pensar muito. Mas a história me veio porque hoje está na capa dos jornais mais populares do Rio. Luciano Huck foi assaltado em São Pauilo por um sujeito que enfiou um 38 na cara dele. Luciano está chamando a tropa de elite, na expectativa de que o colega global Wagner Moura venha em seu socorro. Wagner tem cabeça demais para atender ao chamado, mas acho que esse tipo de reação violenta é que alimenta a polêmica do filme. Nem estaria falando sobre isso se não fosse por um detalhe. Quando vi The Brave One, de Neil Jordan, em Los Angeles, saquei imediatamente, mesmo sem ter visto, naquele momento, o filme de José Padilha, que havia uma ponte possível entre o BOPE da ficção e a personagem de Jodie Foster, que pega em armas e vira justiceira. Nas sessões do filme no Festival do Rio, houve sempre a mesma reação do público. Quando Jodie mata bandidos, o público aplaude e até grita – “Vem para o Rio!” Acho que é isso que, no fundo, este filme chega mais cedo para discutir. A paranóia da (in)segurança.