Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Unanimidade, como é que é, ‘burra’?

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

Unanimidade, como é que é, ‘burra’?

Luiz Carlos Merten

13 Julho 2009 | 10h44

Fábio Negro me provoca e diz que Michael Mann é uma unanimidade burra da crítica. Fábio acrescenta que Mann não tem uma continuidade de bons filmes como Tim Burton e eu fiquei aqui com meus botões, já que ele não especificou. Eu também acho que Tim Burton tem uma continuidade de bons filmes, não muitos, mas lá atrás – ‘Edward Mãos de Tesoura’, ‘Ed Wood’. A continuidade mais recente é de filmes ruins – os remakes de ‘O Planeta dos Macacos’ e ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’ são o ó e o Burton podia ter nos poupado (ou se poupado…) do vexame de conseguir fazer um filme pior do que o do Mel Stuart. (O do Franklin J. Schaffner, afinal de contas, seria realmente mais difícil de igualar, quanto mais superar.) Mas a verdade é que tudo será perdoado ao Tim Burton por ter feito ‘Sweeney Todd’. Tenho até dificuldade de verabilizar como e por que este filme mexeu tanto comigo, mas a versdade é que mexeu. Acho, de qualquer maneira, que o Burton é ‘negociável’. Fábio pegou pesado ao dizer que até artesãos como Robert Zemeckis fazem melhor do que Michael Mann. Sorry, Fábio, mas aí não dá. Confesso que até me divirto ao rever, na TV, ‘Revelação’, com Harrison Ford como vilão tentando matar Michelle Pfeiffer na cena da banheira e depois perseguido, no fundo do mar, pelo fantasma da garota. Mas não consigo me divertir, nem pelo ridículo involuntário, com aquele ‘Bewuolf’, que é um dos piores, senão o pior filme que já vi (e não foram poucos). Unanimidade burra? Falta de continuidade? ‘Fogo contra Fogo’, ‘O Informante’, ‘Ali’ e ‘Colateral’ formam um bloco de notável coerência, e são inteligentes demais. Tudo bem, ‘Miami Vice’ é menor, mas aquele passeio de lancha (vamos ali a Havana..) e a cena de dança de Colin Farrell e Gong Li – uma das coisas mais ‘tesudas’ que vi na produção mais ou menos recente de Hollywood – justificam a existência do filme. Contra todas as dúvidas do Fábio, estou nos cascos para ver ‘Inimigos Públicos’.

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Encontrou algum erro? Entre em contato