Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Tu tá brincando, Caio?

Cultura

Luiz Carlos Merten

31 Maio 2009 | 13h23

Ainda não tive tempo de responder à provocação do Caio. Só pode ter sido provocação, né? Caio disse que ‘Kes’ é um filme melhorzinho, ou menos ruim, não me lembro exatamente, de Ken Loach. Embora Loach esteja longe de ser uma unanimidade – um pouco porque sua vocação de esquerda, que ainda resiste no mundo globalizado, tende a transformá-lo num fóssil, mas também porque seu realismo social não é exatamente uma tendência em alta no cinema -, eu adoro o velho. Sabia que ‘Looking for Eric’ não teria a menor chance em Cannes, este ano, com aquela composição de júri. Isabelle Huppert com certeza iria querer alguma coisa mais punk, como quis, o Haneke (‘A Fita Branca’), mas eu gosto do filme com o Cantoná e gostei de muitas outras coisas que Loach fez e que circularam por Cannes, desde que ‘Kes’ integrou a programação da Semana da Crítica. ‘Vida em Família’, ‘Agenda Secreta’, ‘Riff Raff’, ‘Chuva de Pedras’, ‘Sombras de Um Passado’, ‘Terra e Liberdade’, ‘Um Canção para Carla’, ‘Meu Nome É Joe’, ‘Pão e Rosas’. Meu Deus do céu, acho que todo Loach passou em Cannes… É até mais fácil tentar descobrir o que não concorreu no festival, que ele terminou vencendo com ‘Ventos de Liberdade’. E ele é uma simpatia. Caloroso, divertido, crítico, reflexivo. Loach é a cara do seu cinema, e vice-versa.