Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » ‘Tri’ vi…

Cultura

Luiz Carlos Merten

11 Junho 2009 | 15h31

Na terça, tinha um monte de matérias para a edição de ontem do ‘Caderno 2’ e ainda precisei enfrentar aquele trânsito terrível, à tarde, para assistir, na cabine da PlayArte, a ‘Minhas Adoráveis Ex-Namoradas’. Tirando o fato de que o título não tem nada a ver, as ex-namoradas não são ‘adoráveis’, a comédia romântica com Matthew McConaughey tem um aspecto interessante, que consiste em transpor o ‘Conto de Natal’, de Charles Dickens, para outro contexto. Em vez de Scrooge, o avarento, o cobiçoso, atormentado pelos três fantasmas que vêm lhe mostrar que o dinheiro não é tudo – não é nada? -, McConaughey é um avarento de amor, que trata as mulheres como objetos, por cauisa de um trauma de juventude etc e tal, mas ele se regenera, ora se não. Não fazia a menor ideia de que o filme era sobre isso, mas me lembrei o tempo todo de Colin Firth, que entrevistei em Cannes, justamente por conta da nova versão de ‘Conto de Natal’, assinada por Robert Zemeckis, com Jim Carrey. Colin Firth me disse que é impossível ser inglês sem ter passado pwelo conto natalino de Dickens, mas ele não conhecia o filme que Joseph L. Mankiewicz adaptou do texto. Ontem, quarta, meu dia não foi menos movimentado. Tinha ‘trocentas’ matérias – as que estão no ‘Caderno 2’ de hoje, sobre as estreias – e ainda precisei sair à tarde, enfrentando novo flagelo no trânsito, para entrevistar as cantoras do rádio, Carmélia Alves, Carminha Mascarenhas e Ellen de Lima. Concordo com Luiz Zanin Oricchio, que faz a crítica do filme – eu entrevisto as cantoras (a quarta, Violeta Cavalcanti, infelizmente está doente, com Alzheimer). ‘Cantoras do Rádio’ tem problemas de estrutura, mas as personagens… As cantoras são ótimas! E me contaram cada história! Espero que leiam no ‘Caderno 2’ de amanhã. No final da tarde, cheguei à conclusão de que seria absurdo enfrentar o trânsito tentando voltar à redação, e já que estava na região da Av. Paulista fui ‘tri’ver… “Caramelo’! Mas que mulher mais bonita é a atriz e diretora Nadine Labaki (será parente do Amir?). Tinha mais um monte de matérias hoje pela manhã e agora corro contra o relógio para ver se consigo assistir a ‘Intrigas de Estado’. Mais um filme sobre jornalismo. Imprensa x política, com Russell Crowe e Helen Mirren. Mesmo que não preste, os dois valerão a pena. Já viram?

Encontrou algum erro? Entre em contato