Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Te cuida, Brad!

Cultura

Luiz Carlos Merten

01 Julho 2010 | 01h07

CANCUN – Voces estao duas horas à minha frente. Já é madrugada no Brasil, mas aqui no México sao 10 e pouco. Desde ontem, anteontem para voces, nao dou noticias. Assisti a Salt, o novo thriller de Phillip Noyce, originalmente um projeto para Tom Cruise que o diretor australiano adaptou para Angelina Jolie. É um thriller de paranoia, envolvendo a ameaca russa nos EUA, e vai ser discutido, pois parece muito mais inscrito no espírito patriótico e persecutório de George W. Bush do que na nova era inaugurada por Barack Obama. Mas tenho de confessar que a perseguicao inicial a Angelina nao é apenas eletrizante – tudo o que ela faz, por ser mulher, é novo e fascinante. Voce já viu essas coisas, talvez nao tao bem filmadas, mas com Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger. Com Angelinas, fica diferente, acreditem. Como sou fissurado em acao, gostaria que nao terminasse nunca. Tivemos hoje as entrevistas de Phillip Noyce e Angelina. Lembro-me dele em Sao Paulo, quando foi apresentar seu filme sobre as criancass aborígenes separadas dos pais e confinadas durante a guerra, o que Baz Luhrmann também mostrou em seu épico Austrália, com Nicole Kidman. Noyce, na Mostra, havia dito que fez aquele thriller para se penitenciar por ter sido um bom soldado de Hollywood na guerra pelos coracoes e mentes do público de todo o mundo. Ele voltou a ser um bom soldado. Nao quero falar do filme, mas quero falar de Angelina. É linda. Tem a mesma star quality de Julia Roberts. e, aleluia!, estas mulheres estao sendo muito bem comidas, me desculpem a vulgaridade. A verdade é que as duas também sao duronas, muito seguras de si, o que talvez permiota inverter a equacao. Elas é que comem, perdao de novo, e bem. Fiz uma observacao para Angelina, a quem devo entrevistar amanha, de novo, one a one, na verdade vai ser 2 ou 3 to 1. Nao posso dizer exatamente o que, porque seria entregar uma das surpresas do filme, mas fui recompensado. Ela me olhou nos olhos, sorriu e disse – Obrigado, acrescentando ‘How sweet’. Me senti o próprio, um docinho para Angelina Jolie. Te cuida, Brad.