Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » ‘Revolução Revisitada’

Cultura

Luiz Carlos Merten

27 Outubro 2008 | 11h03

Tentei postar ontem diversas vezes e não sei se o problema estava no servidor do blog ou nas lan houses em que redigia meus textos, mas na hora de salvar eles desapareciam. Depois de tentar quatro ou cinco posts, em dois locais diferentes, achei melhor desistir, porque estava perdendo muito tempo. Aproxima-se o dia do voto da crítica, para escolher o melhor filme da 32ª Mostra, e eu já tenho cá os meus candidatos. Gosto muito de ‘Il Divo’, mas acho meio fácil fazer campanha pelo filme de Paolo Sorrentino. Votaria de novo no Jia Zhang-ke, por ’24 City’, que eu insistia em chamar de ’24 Hour’, o que não tem nada a ver, mas Jia também já ganhou e me parece outra facilidade. Minhas preferências se voltam para ‘Aquele Querido Mês de Agosto’, do português Miguel Gomes; para ‘Waltz with Bashir’, do israelense Ari Folman; e para ‘Tulpan’, do cineasta do Kazaquistão Sergey Dvorstevoy, mas este concorre ao prêmio do júri, depois de ser selecionado pelo voto do público, e tem chances de ganhar (se bem que um jurado me falou, em off, maravilhas de ‘Machan’, que eu ainda tenho de conferir, porque não vi o filme de Sri Lanka, outro dos 12 finalistas de ficção). Fui ver ontem ‘Revolução Revisitada’, seguido do debate de Gerald Thomas mediado por Hugh Hudson, perdão, do debate de Hugh Hudson mediado pelo Gerald Thomas. Gostei demais, e acho importante que o filme, ‘assassinado’ pelos executivos da Warner nos anos 80, em plena era Ronald Reagan, esteja ressurgindo agora, quando Barack Obama pode iniciar nova era para a sociedade norte-americana (o sonho americano?), após os anos de pesadelo de George W. Bush. Aliás, acho que era isso que uma garota estava querendo dizer quando fez uma pergunta no fim, mas seu inglês sofrível e a longa tergiversação antes da pergunta, propriamente dita, provocaram o repúdio do público, criando um clima desagradável que se refletiu na mesa (o próprio Hudson terminou perdendo a paciência com ela). Pretendo voltar a falar sobre ‘Revolução Revisitada’, que deve ir para DVD, segundo o próprio diretor. A riqueza metafórica do filme me estimula a acrescentar 1001 posts. Mas antes quero falar de outros dois filmes que vi no sábado. Como o texto está longo (e sem parágrafo, questão de estilo), vou fazer um break. Vamos ao próximo post.