Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Retificação

Cultura

Luiz Carlos Merten

03 Setembro 2008 | 11h50

Catrlos Quintão, freqüentador aqui do blog, faz algumas retificações importantes no meu post de ontem dos japoneses no Festival do Rio e em BH. Transcrevo parte do e-mail que trata do assunto.
Lendo seu post no blog a respeito da Mostra, tenho algumas retificações a fazer. A primeira é que a Mostra do Cinema Japonês que acontece em BH não está de forma alguma subordinada ao Festival do Rio. O que acontece é que, por questões logísticas, alguns dos títulos contemporâneos de nossa curadoria estão sendo negociados juntos aos distribuidores internacionais em conjunto com a Ilda Santiago, do Festival. O grosso da Mostra de BH será composto de títulos exclusivos, inclusive os que compõem as retrospectivas. Yoji Yamada, por exemplo, é convidado da Mostra de BH e não do Festival do Rio, apesar de que o Festival talvez exiba alguns de seus filmes mais recentes, não sei dizer com absoluta certeza. De qualquer forma, só queria enfatizar que a Mostra do Cinema Japonês de BH é completamente independente do Festival do Rio, e não um mero repeteco ou uma seção deste que migrará para BH. É uma iniciativa local e enfatizo isso para dar o devido valor à equipe que está trabalhando arduamente no projeto já há alguns meses.

Valeu, Carlos. Está feita a retificação e viva o cinema japonês em BH.