Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Pueril?

Cultura

Luiz Carlos Merten

02 Setembro 2008 | 16h42

Marcos Sampaio, em fase de dessincronia comigo, está batendo pesado no ‘Era Uma Vez’, que chama de pueril. Eu, hein? Marcos, se eu te disser que pueril é o ‘Trovão Tropical’, vai parecer provocação, mas é. Aliás, aproveito para dizer que Etienne Jacintho, nossa queridíssima repórter do ‘Telejornal’, me disse agora no almoço que a-do-rou a comédia de Ben Stiller. Etienne diz que se divertiu muito e acrescenta que o filme é o famoso ‘ruim que é bom’. Não estás sozinho, portanto. Mas volto ao ‘Era Uma Vez’ porque o Marco diz que nenhum outro filme, nem blockbuster de Hollywood, teve tanta mídia na Globo. Cara, ontem à noite falei pelo telefone com o Breno Silveira – para outra pauta que está na edição de amanhã do ‘Caderno 2’, com as entrevistas do pessoal do ‘Linha de Passe’ – e, quando o Breno me deu o dado dos 400 mil de público, ele me falou justamente sobre isso. Nas primeiras semanas, ‘Era Uma Vez’ tinha uma mídia acordada com a Globo, mas que a emissora não estava conseguindo veicular, por causa de Olimpíada etc. Só agora as chamadas estão saindo e talvez (agora sou eu deduzindo) acumuladas para compensar. Como o filme já vinha se mantendo – mais no Rio do que em São Paulo, é verdade; aqui havia mais resistência ao filme de ‘favela’, que ‘Era Uma Vez’ não é -, é agora com essa mídia, mais o boca-a-boca, que o diretor faz a projeção dos 500 mil. Ô Marcos, o filme não é pueril não e um dia tu vais perceber a beleza daquele final com o Tiago Martins. Cordiais divergências, cara!