Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » ‘Primeiras Rosas’

Cultura

Luiz Carlos Merten

31 Maio 2009 | 13h46

Estou no jornal, já atrasado para ir almoçar com minha filha e genro. Mas não resisto a acrescentar mais um post rapidinho. Fui ver ontem ‘Primeiras Rosas’, no Teatro do Sesi, ali na Paulista, 1313. O espetáculo adaptado de Guimarães Rosa – ‘Primeiras Histórias’ – é uma mistura muito inspirada de técnicas de animação, bonecos, teatro tradicional. Tem algo ali que remete ao cinema. Muita coisa do espetáculo passa-se no que pode ser um equivalente da caverna de Platão, como um teatro de sombras – uma lanterna mágica? – projetada num lençol. Fiquei viajando, tentando construir (desconstruir?) ali uma teoria do cinema, baseada no plano-sequência, à Bazin. Pode ter sido uma viagem muito minha, mas gostei demais e recomendo com entusiasmo. Vai até julho e custa baratinho, R$ 10. Uma das histórias, uma das primeiras ‘Rosas’, é justamente ‘A Terceira Margem do Rio’, que Nelson Pereira dos Santos adaptou para o cinema. Tenho o maior respeito e admiração por Nelson, que possui um punhado de filmes que são essenciais na história do cinema brasileiro, mas ‘A Terceira Margem’ não é um deles. Há mais cinema na montagem da companhia Pia Fraus, mas eu, de qualquer maneira, fiquei com vontade de reler o Rosa e rever o Nelson. Não é pouca coisa. O espetáculo de hoje é às 7 (19 horas). Dá tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato