Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Poloneses

Cultura

Luiz Carlos Merten

08 Abril 2009 | 17h28

Muito justa a reclamação de Mário Kawai – menos na parte em que elogia a ‘concorrência’! – , cobrando do ‘Caderno 2’ que nem sempre abre espaço para a programação do circuito alternativo. É verdade, Mário, mas tu não fazes ideia como eu brigo por espaço, porque acho que o leitor, quando pega um jornal, quer informação e não está nem aí para crise, papel, o escambau. Só que não há jornal que consiga dar tudo, e menos ainda em matéria de programação, que é extensa. Editar é selecionar, ciomo ouço quase diariamente. Não houve como acomodar o ciclo sobre o centenário do cinema polonês, que começa/começou hoje no CCBB. Entre os poloneses e Maya Deren, eu próprio fiquei com a vanguardista, na Caixa Cultural, porque Maya é menos conhecida, seu ciclo tem uma duração menor e as chances de voltar a essa artista singular seriam curtas (curtíssimas). Estou fazendo ginástica para ver como vou conseguir falar dos dois ou três filmes que mais me interessam da programação do centenário do cinema polonês. Só para constar, o ‘Caderno 2’ dedica hoje uma página inteira a Andrzej Wajda, antecipando o lançamento, amanhã, de ‘Katyn’. Entrevista, crítica, uma peça explicativa sobre o que foi o massacre referido no título. Um dos filmes emblemáticos do ciclo é de Wajda – ‘Terra Prometida’ passa na sexta, dia 10, às 19 horas, e depois no sábado, 18, às 17h15. Outros dois filmes que destaco – ‘Faraó’, de Jerzy Kawalerowicz, domingo, dia 12, às 17h15, e sexta-feira, 17, às 15 horas. E tem também ‘Mimetismo’, de Krzisztof Zanussi, amanhã, às 17h15, e quinta-feira que vem, dia 16, às 17h30. Aguardem aqui no blog e, tomara!, no jornal. detalhe muito pessoal – tão logo ouvi falar desse ciclo me lembrei de Ursula Grozka. Onde anda minha amiga polonesa? Alô/alô, Úrsula? Mante notícias pro lado de cá.