Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Pinelli morre centenário

Cultura

Luiz Carlos Merten

08 Março 2009 | 12h52

Em junho, ele estaria completando 101 anos. Morreu na sexta, em Roma, o roteirista Tullio Pinelli. Quase sempre em parceria com Ennio Flaiano, ele foi roteirista de grandes filmes de diretores como Pietro Germi e Mario Monicelli, mas a parceria que marcou foi com Federico Fellini. Você encontra o nome de Pinelli em muitos dos maiores filmes do grande Federico, como ‘Os Boas Vidas’, ‘A Estrada da Vida’, ‘As Noites de Cabíria’, ‘A Trapaça’, ‘A Doce Vida’, ‘Oito e Meio’, ‘Julieta dos Espíritos’ etc. Sua morte ocorreu justamente quando começava no CineSesc a retrospectiva de Fellini. Homem de letras, Tullio Pinelli, de ascendência aristocrática, foi advogado antes de fazer sua opção pelo cinema. É curioso que, somente após os 90 anos, ele tenha virado romancista. Pesquisando agora na internet, descobri que é autor de um único romance, ‘O Restaurante de Robespierre’.

Encontrou algum erro? Entre em contato