Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Perdão pelo sacrilégio

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

Perdão pelo sacrilégio

Luiz Carlos Merten

20 Setembro 2006 | 16h30

No afã de escrever correndo sobre a morte de Sven Nykvist terminei cometendo um sacrilégio. Sven Nkvist e Santo Loquasto reposabilizaram-se pelo visual de grandes filmes de Woody Allen, mas não o de Interiores, que foi fotografado por Gordon Willis, o primeiro diretor de fotografia importante com quem Woody trabalhou. Depois, além do bergmaniano Nykvist, o ator e diretor também teve como parceiro o diretor de fotografia de Antonioni, Carlo Di Palma. Nykvist fotografou, por exemplo, Crimes e Pecados, o mais sombrio de todos os filmes de Woody Allen. E, para completar, o próprio Nykvist dirigiu um filme, O Boi.