Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Perdao pela escrita

Cultura

Luiz Carlos Merten

21 Outubro 2008 | 03h54

LOS ANGELES – Acabo de ver o novo James Bond, `Quantum of Solace`, mas antes quero falar de outro filme que havia visto a tarde. O western sobrevive hoje na producao de Hollywood gracas a iniciativas isoladas. O ator e diretor Ed Harris dah agora sua contribuicao ao genero com `Appaloosa`. Nem sabia das existencia deste filme, e tampouco sabia que era ele o diretor. Viggo Mortensen citou-o na entrevista que fiz no Rio, sobre `Um Bom Homem`. Se soubesse do que se tratava, o diretor Vicente Amorim teria de me desculpar, porque eu ia querer saber mais sobre o `Appaloosa`. O filme eh uma producao da New Line Cinema, empresa que tem sido distribuida no Brasil pela PlayArte. Espero que estreie no Pais. Vamos ter assunto, com certeza. Sobre o novo James Bond, o que posso dizer? Talvez seja menos excitante do que `Cassino Rolyale`, mas radicaliza a quebra com a tradicao que jah havia no filme anterior, o primeiro interpretado por Daniel Craig. Amanha eu entro em detalhes, agora estou cansado e vou dormir, mas antecipo que alem do tema `dramatico`, bem ao gosto do diretor Marc Foster – uma historia de traicao e redencao -, tem uma cena a qual aplico o desgastado adjetivo de genial. A cena da perseguicao durante a revolucionaria montagem da `Tosca`, de Puccini, em Viena, vai entrar para historia como umas das melhores da serie toda. Aguardem dia 7 – nos EUA, o filme estreia depois, no dia 14 – e me digam se exagero. E ah, sim, perdao pela grafia sem acentos nem cedilhas. Espero que entendam.