Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Onde anda ‘Two Lovers’?

Cultura

Luiz Carlos Merten

24 Janeiro 2009 | 13h30

PARIS – Não resisto a acrescentar mais um post. Estou no hotel, depois de redigir minhas matérias de segunda e terça-feiras no ‘Caderno 2’ (leiam!). A edição de janeiro de ‘Cahiers du Cinéma’ lista os dez melhores filmes do ano para a revista. Não concordo muito com a lista, mas eles, pelo menos, são honestos. ‘Cahiers’ considerou ‘Redacted’, de Brian De Palma, o melhor de 2008 (que diabo que o filme não estréia no Brasil, não?). Em terceiro, coerentemente, a revista coloca ‘Cloverfield’, fantasia de terror de Matt Reeves que é o ‘Redacted’ do cinema fantástico, conforme escrevi aqui e no ‘Caderno 2’. Cheguei a exagerar, dizendo que me interessara mais pelo Matt Reeves do que pelo Brian De Palma (o primeiro, pelo menos, é fantasia e, como tal, mais divertido; ‘Redacted’ é tão sério como ‘pronunciamento’ sobre a Guerra do Iraque e a mídia). Quero ver é meus colegas brasileiros colocarem no mesmo plano esses dois filmes. O quarto da lista de ‘Cahiers’ é ‘No Country for Old Men’, dos irmãos Coen, do qual não gosto, vocês sabem, mas o quinto eu amo – é ‘Two Lovers’, de James Gray, que a PlayArte está demorando para lançar. Será que Dona Elda desistiu? Espero que não. Já que enumerei meia lista, deixem-me acrescentar que o segundo é ‘Juventude em Marcha’, de Pedro Costa, e o sexto, ‘Valsa com Bashir’, de Ari Folman.