Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Olho no César

Cultura

Luiz Carlos Merten

26 Fevereiro 2009 | 16h33

Vou tentar voltar ao assunto, ainda hoje. À noite, o canal T5Monde apresenta, acho que às 21 horas, a segunda parte de ‘O Boulevard do Crime’ (Les Enfants du Paradis), clássico da parceria Marcel Carné (diretor) e Jacques Prévert (roteirista). Na segunda-feira, consegui emplacar no ‘Caderno 2’ um texto sobre a grande entrevista que o Hôtel de Ville, em Paris, dedica a Jacques Prévert. O evento vai até domingo, cobrindo a totalidade dos talentos de Prévert – roteirista, poeta, autor infantil, dramaturgo, compositor, artista plástico. Achei a exposição deslumbrante, e olhem que ainda estava sob o impacto que me produziu outra grande exposição que assisti em Paris – ‘Picasso et les Maitres’. Se vocês tiverem interesse, poderemos falar dessa parceria Carné/Prévert, que pode ser conferida nas locadoras com um lançamento recente, o de ‘Trágico Amanhecer1’ (Le Jour Se Lève), com Jean Gabin e Arlétty, que vem se somar a ‘O Boulevard do Crime’, já disponível há mais tempo. A outra coisa sobre T5Monde é que, amanhã, a partir das 20h15, com ligeiro atraso em relação a Paris – não será transmissão direta -, o canal deve mostrar o César, o Oscar do cinema francês. A gente se ocupa tanto do Oscar… Por que não o César? ‘Entre les Murs’ foi indicado para diversos prêmios e Guillaume Dépardieu concorre postumamente ao prêmio de ator por ‘Versailles’. Isso eu já sabia. O que não havia reparado é que o recordista de indicações é Rémi Bezançon, por ‘Le Premier Jour du Reste de Nos Vies’. Entrevistei o diretor (e atores…) em janeiro, durante os Rencontres du Cinéma Français. Teria sido uma ótima hora para publicar a entrevista, mas oportunidade não vai faltar. O filme está apontado para estrear no Brasil nos próximos meses.