Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Obrigado, Samuel

Cultura

Luiz Carlos Merten

26 Novembro 2011 | 14h25

MONTEVIDEO – Cah estou no Uruguai, desde ontem. Jah comprei um monte de livros de cinema, incluindo um album intitulado Salvador Dali y el Cine, com imagens deslumbrantes. A noite, Dib Carneiro e eu fomos ver a montagem local da peca dele, “Salmo 91”. O teatro eh uma coisa maravilhosa, Gabriel Villela havia feito o espetaculo maravilhoso que muitos de voces viram. O diretor uruguaio Fernando Rodriguez Compare fez uma leitura diferente, as interpretacoes vaoh por outra linha e a peca continua impactante. Naoh foi por acaso, realmente, que Dib ganhou o Shell de melhor texto. Naoh resisto a acrescentar que a Veronique eh igualmente forte, mas o ator vai por outro atalho. Ele comeca mais extrovertido – e o tema sobre o qual executa sua mìmica eh “O Que eh Que a Baiana Tem?” -, para chegar ao mesmo isolamento e dor que valeram a Rodolfo Vaz seu Shell de melhor ator, com o mesmo papel. Hoje, jah fizemos um tour pelo Teatro Solis e compramos ingressos para ver, a noite, “Doña Ramona”, que Fernando Rodriguez considera o melhor espetaculo atualmente em cartaz em Montevideo. Modestia dele, porque o “Salmo” tambem eh bom demais, mas vamos ver a Ramona. Estou saindo para almocar e talvez ver algum filme – “Pina”, em 3-D? Prometi a Vanessa, no programa de sexta (radio Estadao), que ia ver “Happy Feet 2″, para comentar com ela na segunda. Aproveito e repasso a mensagem de meu amigo Samuel Machado Filho, que pega carona num velho post sobre”E o Bravo Ficou Soh” para informar que o western de Tom Gries com Charlton Heston passa hoje a noite, 21h45, na CNT.O cauboi Heston, iletrado e taciturno, protege a viuva Joan Hackett, que tem um filho – eu amava a atriz, morta prematuramente -, mas entra em cena a quadrilha, ou a famìlia de Donald Pleasence. Tenho  para mim que “E o Bravo Ficou Soh” eh um dos melhores faroestes dos anos 1960, a decada que foi marcada por profundas transformacoes no genero. Nos 70, ainda surgiram bons exemplares – “Butch Cassidy”, este eu acho que eh de 1969, “Pat Garret e Billy the Kid”. Nos 80, “Portal do Paraiso”, levando a United Artists a bancarrota, transformou o western e veneno de bilheteria e o genero soh sobrevive por meio da devocaoh de Clint Eastwood. “E o Bravo Ficou Soh” eh bom demais. Recomendo com entusiasmo, mesmo que naoh esteja ai para conferir. Agradeco, de qualquer maneira, e espero que voces tambem venham a agradecer ao Samuel.