As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que todo mundo já sabe de Cannes 2018…

Luiz Carlos Merten

11 Abril 2018 | 10h23

Cannes divulga amanhã a seleção oficial do 71. festival. Os filmes da competição, que vão concorrer à Palma de Ouro, e os da Mostra Un Certain Regard – Um Certo Olhar. Teremos filmes brasileiros? Sei de alguns que estão pleiteando, mas, imobilizado, não estou conseguindo dar conta das ‘tratativas’. Cannes terá uma mulher na presidência do júri – Cate Blanchett – e a jornalista brasileira Neusa Barbosa vai integrar o júri da crítica, Fipresci. Em Berlim, em fevereiro, já houve participação brasileira na Fipresci, no júri que premiou o paraguaio Las Herederas, de Marcelo Martinessi. Cannes Classics celebra os 50 anos de 2001 – Uma Odisseia no Espaço e o oficiante do culto à obra-prima de Stanley Kubrick será Christopher Nolan, presente pela primeira vez no maior festival do mundo. Nolan vai ministrar uma master class sobre a importância da montagem no cinema de Kubrick, e no dele. Não posso deixar de sentir a dupla homenagem – a Kubrick e a Nolan – como um desagravo de Cannes, já que Dunkirk, mesmo sendo o melhor filme do Oscar 2018, não levou, e o próprio Kubrick, apesar de sua reconhecida importância, também foi sempre preterido. O Festival de Cannes deste ano deve-se abrir em menos de um mês, no dia 8 de maio, com o thriller Everybody Knows, do iraniano Asghar Farhadi, interpretado por Javier Bardem, Penélope Cruz e Richardo Darín. Segredos de família numa história que se passa na Espanha, e falada em espanhol. Fechando as prévias, Cannes divulgou hoje, dia 11, o cartaz. Em apenas dois anos, é a segunda vez que L’Affiche pega carona no gênio de Jean-Luc Godard. Em 2016, no 69.º festival, a imagem era de O Desprezo. Agora, Pierrot le Fou/O Demônio das Onze Horas. Belmondo e Anna Karina. ‘Tá’ chegando…