Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » O legado de Jay

Cultura

Luiz Carlos Merten

25 Julho 2007 | 16h36

Na série uma- coisa-puxa-a-outra, vamos a mais um post. Jay Presson Allen foi citada no post anterior. Disse que ela era roteirista – e que roteirista! Jay escreveu Marnie, as Confissões de Uma Ladra para o Hitchcock e O Príncipe da Cidade para Sidney Lumet. Escreveu Cabaret e é autora da peça otriginal e do roteiro de A Primavera de Uma Solteirona, que deu o Oscar de melhor atriz para Maggie Smith. Não digo que uma coisa puxa a outra? Ia acrescentar que Maggie é maravilhosa na série Harry Potter, mas quem rouba a cena no quinto filme, a Ordem da Fênix… Quem é? Tã-tã-tã – Imelda Staunton, que faz faz Dolores Umbridge, a interventora na escola de magia de Hogwarts. Todos os elogios que recebeu por Vera Drake, e até o prêmio em Veneza, Imelda merecia, agora, por Dolores. É assustadora, é muito legal.