Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » O furacão Carla

Cultura

Luiz Carlos Merten

17 Novembro 2007 | 10h32

Espero que vocês já tenham começado a ver (e até já tenham visto…) as estréias de quinta, embora fossem muitas, incluindo os quatro filmes nacionais, dois de que gosto bastante, ‘Mutum’ e ‘A Casa de Alice’. Por falar em ‘Alice’, Carla Ribas, que faz o papel no filme de Chico Teixeira, me disse uma coisa linda que não sei se já relatei, mas vai de novo. Ela fez dois papéis pequenos, em ‘Do Outro Lado da Rua’ e ‘No Meio da Rua’. Como uma sem-teto, ela ganhou agora uma casa e o papel de protagonista. Entrar para a casa do cinema brasileiro é uma coisa metafórica para Carla. Nosso cinema precisa dessas mulheres maravilhosas. Carla, esplendorosa nos seus 49 anos – que ela assume até para que até mundo veja que é uma brastemp -, é como Hermila Guedes, do ‘Céu de Suely’. Hermila aparece quanto? Un 15 minutos em ‘Deserto Feliz’ e é, pelo menos para mim, a melhor coisa do filme do Paulo Caldas. Espero que a Carla tenha muitos outros papéis à altura do seu potencial. Mas, agora, quero falar de outras estréias, ou de ‘outra’ estréia. ‘Os Donos da Noite’. No próximo post.

Encontrou algum erro? Entre em contato