Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » O ‘Chekhov’ de Hollywood

Cultura

Luiz Carlos Merten

05 Março 2009 | 15h36

Não foi só Salvatore Samperi que morreu hoje. Horton Foote, também. Dramaturgo e roteirista, ele ganhou duas vezes o Oscar de roteiro. O primeiro, em 1962, pela adaptação do romance ‘To Kill a Mockingbird’, de Harper Lee, que Robert Mulligan transformou num filme cultuado, ‘O Sol É para Todos’, com aquele personagem de Gregory Peck, o advogado Atticus Finch, que uma pesquisa realizada nos EUA apontou como o maior herói do cinema de Hollywood. O maior, não sei, o mais ético, com certeza. Mais de 20 anos mais tarde, em 1983, Horton Foote ganhou o segundo Oscar, desta vez por um material original, o de ‘A Força do Carinho’, drama de Bruce Beresford que também valeu a Robert Duvall seu Oscar de ator. ‘A Força do Carinho’, ou ‘Tender Mercies’, não conta propriamente uma história, mas oferece uma série de vinhetas que vão desenrolando o fio da ligação de cantor country com viúva. ambos solitárias, e desiludidos, amparam-se para sacudir pequenas vidas sem muitas perspectivas. Horton Foote morreu aos 92 anos, em Hartford, Connecticut, onde estava para supervisionar uma reedição de suas obras. O ‘The New York Times’ comparou-o a Chekhov e disse que Horton era ‘a grande voz norte-americana. Falava de sua região – o Sul dos EUA, pois nasceu no Texas -, mas era universal. Horton Foote foi, acima de tudo, um observador – da condição humana e da organização social. A ambas criticava, mas convencido de que o homem, a humanidade, merece uma chance. Ele é o autor do romance que inspirou ‘Caçada Humana’, de Arthur Penn, cujo roteiro era assinado por Lillian Hellman. Poucos filmes foram tão fundo no retrato de uma sociedade que só consegue resolver seus conflitos por meio da violência. Penn querisa que o filme fosse ainda mais forte. Segundo ele, o produtor Sanm Spiegel edulcorou muita coisa na montagem. Não estou sendo original ao dizer que o espectador, que, ao contrário do autor, não tem, ou tinha, um ‘Caçada Humana’ ideal na cabeça, só pode discordar dessa acusação de diluição. Grande Penn. Grande Horton Foot. Grande Marlon Brando.

Encontrou algum erro? Entre em contato