Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » O anti-Oscar

Cultura

Luiz Carlos Merten

25 Fevereiro 2007 | 20h06

Todo ano, na véspera do Oscar, é divulgado nos EUA o resultado do prêmio Razzie, no qual eleitores escolhem, na internet, os piores, ou o pior, filme do ano. O prêmio é conhecido como Framboesa de Ouro e é divertido, claro, mas tenho uma bronca dele porque, em geral, sempre gosto muito de algum vencedor dessa verdadeira antifesta do Oscar (mais do que muitos premiados da Academia de Hollywood, com certeza). Instinto selvagem 2 foi o pior filme de 2006 e ganhou mais três Framboesas – como pior seqüência, pior roteiro e pior atriz (Sharon Stone). A pior nova versão e o pior ator (dividido entre os irmãos Marlon e Shawn Wayans) foram para O Pequenino. Até aí, tudo bem. Só não concordo com o terceiro pior filme do ano, segundo o prêmio Razzie. Gosto muito de A Dama da Água, que valeu a M. Night Shyamalan a Framboesa de pior diretor, mais uma de pior coadjuvante, por sua pequena participação que um comunicado do prêmio definiu como “a mais ultrajante manifestação de megalomania nas telas em 2006”. Você concorda com os prêmios? Ou teria outros candidatos à Framboesa de Ouro? Use seu direito – vote!