Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Novas do cinema francês

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

Novas do cinema francês

Luiz Carlos Merten

18 Abril 2008 | 13h00

Tem um monte de coisas que quero comentar com vezes. Vamos por partes. Na terça-feira, quando fui à Reserva Cultural para entrevistar Jean-Thomas Bernardini, da distribuidora Imovision (e dono do conjunto de salas da Paulista), ele antecipou duas ou três coisas que eu acho que vocês gostarão de saber. Comentei com Jean-Thomas que, ao entrevistar Mathieu Amalric no Chile, durante a visita ao set de James Bond – ‘Quantum of Solace’ -, o ator me disse que o próximo Arnaud Desplechin, ‘Un Conte de Nöel’, que ele interpreta com Catherine Deneuve, só não estaria em Cannes se o autor não conseguisse terminá-lo até dia 25 (parece que conseguiu). Na quarta, dia 23, o festival anuncia os indicados para concorrer à Palma de Ouro de 2008. ‘Blindness’, de Fernando Meirelles, é um dos filmes que poderão intregrar a seleção. Jean-Thomas me acrescentou mais dois possíveis títulos à lista. Não me lembro mais em que festival francês ele andou, por estes dias, e lá já davam como certo que o novo filme dos irmãos Dardenne, queridinhos do diretor artístico Thierry Frémaux e do diretor-geral Gilles Jacob já estaria confirmados. Chama-se ‘Le Silence de Lorna’. Outro filme confirmado seria ‘Entre les Murs’, de Laurent Cantet. O assunto interessa particularmente a Jean-Thomas porque ele já comprou, antecipadamente, os direitos destes filmes para o Brasil. Outra novidade – para mim, pelo menos – é que em junho a Unifrance realiza um festival do cinema francês em São Paulo, que terá por sede justamente a Reserva Cultural. Aproveitando que ‘La Fille Coupée em Deux’ intregra a lista de filmes, Jean-Thomas fez o possível para ver se a Unifrance trazia Claude Chabrol ao Brasil. O diretor não viaja de avião, principalmente vôos longos. Virão os atores Ludivine Seigner e Benoit Magimel. Outro que vem é Abdellatif Kechiche, com seu maravilhoso ‘La Graine et le Moulet’. Preparem-se. Este festival do cinema francês vai ser biscoito fino.