Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Natal duro de matar

Cultura

Luiz Carlos Merten

26 Dezembro 2006 | 16h32

Só agora li os comentários sobre os melhores filmes de Natal. Diverti-me muito. Gremlins e O Estranho Mundo de Jack esculhambam com o Natal; A Felicidade não se Compra é o supra-sumo do espírito natalino e Capra é um grande entertainer, o que faz com que seus filmes sobrevivam mesmo quando a gente gostaria de achar que são babacas (mas não são!). Agora achei demais os manos que curtem Duro de Matar como filme de Natal. Ho ho ho! Aproveitando, deixa eu incluir aqui um comentário sobre O Amor não Tira Férias. Não é bem um comentário, mas um recado pro Guedes. Cara, tu tá muito estressado! Vou pensar num filme de réveillon para desestressar o Guedes. Enquanto isso, sugiro que ele reveja O Amor não Tira Férias em boa companhia, para desanuviar. O namorado (Edward Burns) que dizia que a Cameron Diaz não era boa de cama… Pô, cara! É uma tremenda piada. E o Jude Law chorando quando ela volta é a inversão perfeita de um milhão de melodramas produzidos por Hollywood. Eu curti. Recomendo que vejam e, espero!, curtam também.