Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Na Croisette

Cultura

Luiz Carlos Merten

19 Abril 2011 | 17h13

Cheguei no jornal cedo e tinha matérias sobre o ciclo de comédias italianas na Caixa Cultural, a crítica de ‘Rio Sonata’ e os filmes na TV. Ainda tive de correr atrás de Karim Ainouz, porque ‘O Abismo Prateado’ foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores em Cannes. Meu colega Jotabê Medeiros, bem humorado como sempre, arriscou – abismo prateado é o fundo do guardarroupa de Cauby Peixoto! Não é – Karim foi cooptado para fazer um filme inspirado numa canção de Chico Buarque, ‘Olhos nos Olhos’. São 24 horas na vida de uma mulher que recebe uma notícia importante e que cai na noite de Copacabana, mas não na Copa podre dos inferninhos que o cinema tem gostado de mostrar. Karim me pareceu superfeliz Eu e o mundo o consideramos muito talentoso e ele está cheio de ansiedade de voltar a Cannes na Quinzena, que é, afinal, a seção do festival que mais privilegia o cinema de investigação, ou invenção. Karim já esteve em Cannes na mostra Un Certain Regard – com ‘Madame Satã’ – e foi duas vezes a Veneza, na mostra Horizontes, com ‘O Céu de Suely’ e ‘Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo’ (em parceria com Marcelo Gomes). Chico irá a Cannes? Ouço que sim, seria bacana para o filme. Karim ama as mulheres e o cinema – sua heroína é interpretada por Alessandra Negrini, bela como ela só. Frequentando todos esses festivais – e outros -, ele se torna conhecido e apreciado no circuito festivalier. Come pelas bordas – para quando a competição? É uma questão de tempo, acho. ‘Olhos nos olhos’. A mostra da Quinzena é ótima, mas por que não ‘Um Certo Olhar’? Ainda não vi e já gostei.