Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Mo’Nique, raro momento de excelência

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

Mo’Nique, raro momento de excelência

Luiz Carlos Merten

08 Março 2010 | 00h36

Deixem-me aproveitar este raro momento de tranquilidade entre a primeira e a seunda rodagens da capa do ‘Caderno 2’ para comentar alguma coisa sobre o Oscar 2010. A cerimônia começou sob o signo da unanimidade, premiando Christoph Waltz e ‘Up  Altas Aventuras’. Mo’Nique, a comediante que virou trágica,. era outra unanimidade – como coadjuvante -, mas ni nguém esperava que fosse ser aplaudida de pé. Foi, talvez o momento mais emocionante desta primeira parte, e merecidíssimo. Mesmo não sendo fã de ‘Preciosa’, reconheço o excepcional trabalho da atriz.  Um Oscar para 1’Avatar1′, direção de arte, é pouco. ‘Guerra ao Terror’ já tem três – roteiro original, som e efeitos sonoros.  A festa continua. Vamos lá…