Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » ‘Missão Impossível 4’

Cultura

Luiz Carlos Merten

02 Abril 2011 | 11h44

Já fiz minha fisioterapia da manhã – na Av. Angélica – e dali vim para o Centro, para tomar um café no Shopping Light. É o melhor macchiato da cidade e eu gasto de táxi para vir aqui, o que superfastura o custo, mas, além de ser o melhor, ele também é o mais barato (R$ 2,25, com direito a tabletinho de chocolate!). Mas, enfim, tomava meu café e olhava ‘Ratatouille’, que passava na TV paga. Aquilo é uma obra-prima, e não só da animação. Assisti emocionado à cena em que o chef briga com a auxiliar de cozinha, ou melhor, ela briga com ele, sentindo-se usada, e o rato não sossega enquanto não os lança nos braços um do outro. Aquele beijo quie o tímido chef tasca na garota é a glória!  Brad Bird é o diretor de ‘Ratatouille’. Numa decisão ousada, mas espero que acertada, Tom Cruise, que tem direito de veto na produção de ‘Missão Impossível’, escolheu Brad Bird para dirigir o 4, que estreia em dezembro. Sou louco pela série e só espero que Brad Bird me surpreenda na passagem da animação para a live action. O 1, de Brian De Palma, passa hoje na TV aberta, senão me engano na Globo. Aquela cena clean, antisséptica, em que Ethan Hunt invade o laboratório é uma belíssima homenagem ao Kubrick de ‘2001’. Valeria sintonizar, nem que fosse só por aquele momento, mas com o festival do Amirk (Labaki) em curso, o É Tudo Verdade, seria um crime não correr atrás dos documentários que ele programa (e dos autores que traz a São Paulo).

Encontrou algum erro? Entre em contato