Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Miley ‘Montana’ Cyrus

Cultura

Luiz Carlos Merten

22 Abril 2010 | 16h10

Entrevistei ontem, pelo telefone, Nicholas Sparks, autor do romance ‘Quierido John’, em que Lasse Hallstrom se baseou para realizar o filme que estreia na semana que vem. Em janeiro, em Los Angeles, na junkett do filme, entrevistei o diretor e a dupla de atores, Channing Tatum e Amanda Seyfried. Hoje pela manhã fui ver ‘A Última Canção’, para entrevistar a Hannah Montana, Miley Cyrus. Não fazia a menor ideia de que filme era, mas é bem mais razoável do que poderia imaginar. Uma história de família, com coisas bastante delicadas – e o autor do roteiro original, que virou livro, é ninguém menos do que… Nicholas Sparks. Ele também escreveu ‘O Diário da Nossa Paixão’ e ‘Mensagem de Amor’, que viraram filmes (de Nick Cassavetes e Luis Mandoki). Conversamos sobre o modelo acabado de romance, ou melhor, de relação romântica, love story, de Nick Sparks e é um filme cult, ‘Casablanca’, de Michael Curtiz, com a dupla clássica Humphrey Bogart/Ingrid Bergman. ‘A Última Canção’ – mesmo título de um velho melodrama com Sara Montiel, ‘El Ultimo Cuplé’ –, é sobre essa garota que vai passar o verão com o pai, com quem não tem diálogo. Ele está morrendo, ela só descobre depois. A jovem encontra um dublê de mecânico e protetor do meio ambiente, que vira seu príncipe. Literalmente – o cara é rico pacas, mas, para complicar, a família dele é mais disfuncional ainda, com direito a mãe que matou o próprio filho, irmão do herói, num acidente que provocou. Numa cena, Miley volta a tocar piano – a última canção do título, última do pai, que ela ajuda a concluir. Liam Hemsworth é o garoto, um cavalão australiano, parece que faz novela. O personagem chama-se William. Na tal cena, Will olha Samantha, a personagem de Miley, tocar. Pensei com meus botões – ou esse raio de guri é muito bom ator ou está mesmo apaixonado por ela, porque o olhar é cheio de ternura ele morde o maxilar, como se estivesse experimentando um desejo incontornável. Não resisti e perguntei para Miley, na entrevista que terminou há pouco. Estão juntos há dez meses. Não me enganei. O que o filme tem de melhor é a química entre os dois.