Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Marcos Caruso, sobre ‘As Pontes de Madison’

Cultura

Luiz Carlos Merten

16 Julho 2009 | 14h06

(Leiam o post abaixo. Quando falei que havia algum problema para postar comentários não estava enganado. Leiam o que me diz Marcos Caruso. É importante dar voz ao ator. E, sim, eu vou ver ‘As Pontes’ no Renaissance…)

Tentei mas não consegui fazer o comentário no próprio blog, portanto peço perdão por invadir teu e-mail.
Pela profunda admiração que tenho pelo teu trabalho apenas escrevo para uma correção: quando vc diz “… Marcos Caruso no papel de Clint Eastwood” não teria talvez querido dizer “Marcos Caruso no papel de Robert Kincaid, papel também interpretado por Clint Eastwood”? Não me refiro ao teu “alimentar o preconceito” mas escrevo para que haja um correto entendimento do meu trabalho na montagem teatral de AS PONTES DE MADISON. Não acredito que vc seja daqueles que acham que um único ator imortaliza um personagem. Se assim fosse, coitados dos Hamlets, Kowalskis e outros Coringas (incluindo o que depois de morto foi premiado, a despeito da elogiada interpretação anterior de Jack Nickolson). Aproveito a tua “vontade danada de rever as Pontes…” para te convidar para o Teatro Renaissance.
Grande abraço,
Marcos Caruso