Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » ‘La Ragazza di Bube’

Cultura

Luiz Carlos Merten

19 Dezembro 2010 | 13h55

Já contei que minha casa é a maior zona. Vou empilhando livros e DVDs em cima de tudo, e rezando para que se equilibrem. Na outra noite, estava deitado lendo e olhei para a frente, tem uma estante baixa em frente à cama, as pilhas sobiam até quase o teto. Havia misturado prosecco com cerveja na festa em casa do pai de Pedrinho e cheguei em casa de madrugada, meio alegrinho. Tirei as coisas dos bolsos não importa de que maneira e me atirei na cama dormindo. De madrugada, acordei com um barulhão. Duas das pilhas caíram! Livros, revistas e e DVDs espalharam-se pelo quarto. Hoje de manhã, cedinho, fui tentar dar uma ordem naquele caos. Descobri, o que nem me lembrava, os DVDs de clássicos italianos que o Sérgio Leerman me havia copiado quando dirigia a TV em Portugal. Hesitei entre rever ‘La Notte Brava’, A Longa Noite de Loucuras, de  Mauro Bolognini, com roteiro de Pier Paolo Pasolini e aquele elenco (Antonella Lualdi, Elsa Martinelli, Mylène Démongeot, Laurent Terzieff, Jean-Claude Brialy), ou então ‘La Raggazza di Bube’, de Luigi Comencini, com Claudia Cardinale e George Chakhiris. Optei pelo segundo e foi uma (re)descoberta, um encantamento. Como Comencini era bom! Havia pensado nele, como um dos grandes da comédia italiana – com Dino Risi -, quando Mario Monicelli morreu. Comencini era bom de comédia, mas era melhor ainda no drama, ou falando de crianças. Lembrei-me de novo dele quando fui redigir o texto sobre Jerry Schatzberg’, pegando como gancho o lançamento em DVD de ‘O Espantalho’. Schatzeberg fez ‘Meu Filho, Minha Vida’ (Misanderstood), com Gene Hackman e Henry Thomas, lá por meados dos anos 1980. O filme é o remake de ‘L’Incompresso’, Quando o Amor É Cruel, com Anthony Quayle e Giorgia Moll, que Comencini havia feito em 1967 e é um dos mais belos filmes sobre a infância. Puta cara bom. Prometo acrescentar um post sobre ‘A Garota de Bube’, na expectativa de que o filme seja lançado em DVD, se é que já não foi. A fotografia de Gianni Di Venanzxo, a trilha de Carlo Rustichelli, a jovem Cardinaqle como Mara, la ragazza di Bube. Que coisa! Em caso contrário, de o filme não ter sido lançado, o que a Versátil está fazendo?

Encontrou algum erro? Entre em contato