Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Kikito de Cristal

Cultura

Luiz Carlos Merten

17 Agosto 2007 | 16h40

GRAMADO – Fui almoçar e perdi a coletiva de Eduardo Coutinho. O mestre há de me perdoar. Coutinho recebe hoje à noite o Kikito de Cristal, que passa a ser o ‘life achievement’ de Gramado, entregue a um grande diretor. Começa bem – entregue ao maior documentarista brasileiro, quiçá do mundo. Coutinho mostra hoje, em pré-estréia, seu novo filme, e só isso dá idéia da respeitabilidade que José Carlos Avellar e Sérgio Sanz estão dando ao Festival de Gramado. O Festival do Rio, o de Brasília – todos adorariam mostrar Jogo de Cena (é o título) em primeira mão. Coutinho escolheu Gramado. Estou nos cascos para ver seu filme. Não li nada, não sei nada, não me contem. Quero entrar no Palácio dos Festivais em estado de virgindade absoluta. Só peço que Coutinho, mais uma vez, me surpreenda. Uma enquete rápida – qual filme dele vocês preferem? O meu não é Cabra, não é Santo Forte. É Edifício Master. Zezé Motta cantou ao receber o Troféu Oscarito. Carlos Gerbase ameaçou cantar quando a Casa de Cinema ganhou o Troféu Eduardo Abelim. E Coutinho? Vai cantar? All the Way, talvez?

Encontrou algum erro? Entre em contato