Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Juliette, ou a Chave dos Sonhos

Cultura

Luiz Carlos Merten

26 Outubro 2007 | 16h08

Para compensar que ontem não postei nada, hoje não paro de postar. Vai ser o último, pelo menos até daqui a 10 minutos. Comentava, no almoço, que Juliana Paes foi escolhida a mulher mais sexy do Brasil (ou do mundo) numa enquete na internet. O assunto teve desdobramentos, com gente a favor e contra, porque toda unanimidade é burra, já dizia o velho Nelson Rodrigues. Conversa vai, conversa vem, descobri que Juliette Binoche – ela! – é a capa da edição francesa de ‘Playboy’ em novembro. Não é demais? No mês passado, Juliette estava na capa de ‘Cahiers du Cinéma’, falando sobre os diretores com quem trabalhou e as observações dela são de um rigor exemplar. Não existem muitos intelectuais que consigam fazer aquelas elocubrações. Grande Juliette. Pois essa rara cabeça pensante, que pertence a uma mulher belíssima, põe agora as curvas de fora. Será que já tem fotos no youtube? Ah, sim, o título psicanalítico foi feito a partir de um filme famoso de Marcel Carné, ‘Juliette ou la Clé des Songes’, no começo dos anos 50.