Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Johnnie To, vítima da maldição de ‘Cahiers’?

Cultura

Luiz Carlos Merten

12 Maio 2009 | 07h59

PARIS – Sigo hoje para Nice e, dali, para Cannes, onde começa amanhã o 62º festival. Redigi ontem meu texto de abertura do festival, para o ‘Caderno 2’. Corria para ver ‘Les Clairières de Lune’ quando me chamou atenção, num quiosque de esquina, a propaganda da capa de ‘Cahiers du Cinéma’, a edição de Cannes. Lascou-se Johnnie To. Todo ano a revista faz sua aposta e coloca na capa um filme que nunca ganha. Este ano, existem chamadas para Francis Ford Coppola, Alain Resnais, Pedro Almodóvar e Tsai Ming-liang, mas a foto é de Johnny Hallyday, que estrela ‘Vengeance’. Já disse que vi o trailer (e fiquei nos cascos para ver o novo filme do autor de ‘Eleição’). Mas, a menos que Johnnie To quebre uma escrita que vem funcionando há anos, a maldição de ‘Cahiers’ ameaça engolir a sua nova trama de vingança.