Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Indicados!

Cultura

Luiz Carlos Merten

23 Janeiro 2007 | 12h06

Acabo de ver na CNN o anúncio dos indicados nas principais categorias do Oscar 2007, para os melhores de 2006. Leonardo DiCaprio vai trombar de novo com Forest Whitaker. Helen Mirren concorre a melhor atriz (e é favorita) não apenas com Kate Winset e Meryl Streep, mas também com Judi Dench e Penelope Cruz, indicada por Volver (gostei da indicação; acho que ela é ótima no filme de Almodóvar). Scorsese e Clint concorrem a melhor diretor. Leo disse no Japão que era um absurdo que um diretor como Scorsese nunca tenha sido premiado com o Oscar. Espero que não seja neste ano que a academia queira corrigir a injustiça. Não ponho entre aspas porque Scorsese tem filmes de que gosto muito, só não gosto da sua trilogia com DiCaprio, que ele, sem modéstia, disse à revista francesa Première que compõe um único e grande filme. Clint concorre por Cartas de Iwo Jima, também indicado para melhor filme. Uau! Já vi duas vezes A Conquista da Honra, mas ainda não assisti a Cartas. Encontrei ontem o Zanin (meu colega Luiz Zanin Oricchio) na pré-estréia de A Grande Família e ele me disse que não só viu como gostou mais de Cartas de Iwo Jima (embora também tenha ficado chapado com Flag of Our Fathers). Acho legal que Stephen Frears também concorra a melhor diretor, por A Rainha. Gosto bastante do filme, mas, ao contrário do que sugere o título, acho que não é bem sobre Elizabeth II e sim, sobre Tony Blair e a forma como traiu seu eleitorado e isso sem que uma só palavra seja dita, até porque a época enfocada é anterior, sobre o 11 de setembro, que alinhou o premier inglês com George W. Bush. E, ah, sim, Iñárritu ganhou suas indicações nas duas categorias principais – melhor filme e direção, por Babel. No Rio, ele me havia dito quie acreditava mais em suas chances no Globo de Ouro, mas depois que ganhou como melhor filme em Los Angeles, era óbvio que estaria no Oscar. A presença de Salma Hayek anunciando as indicações já era prenúncio de alguma coisa. Salma é mexicana, como Iñárritu, e dividiu a cena com Penelope Cruz naquele filme em que as duas eram pistoleiras. Sua permanência naquele palco não era acidental. Enfim, parte dos indicados está em cartaz ou já passou (e nestes casos, vai voltar). Outros serão lançados em seguida. A gente vai vndo, ou revendo, os filmes e conversando. Sintam-se à vontade para fazer suas críticas e comentários.