Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Homem de Aco

Cultura

Luiz Carlos Merten

25 Agosto 2011 | 10h18

NAPERVILLE – Olah, aqui estou de volta aos EUA, num suburbio de Chicago, para visitar amanhah o set do novo `Man of Steel`, isto eh, Superman, que Zack Snyder estah dirigindo, com um tal de Henry Cavill, que eu nao faco a menor ideia de quem seja, mas vem do elenco de `The Tudors` (que nunca vi).  Eh uma daquelas viagens kamikazes que soh eu, garoto novo, tenho folego para fazer. Embarquei ontem, tenho hoje o dia livre, amanhah a visita toma o dia inteiro e no sabado regresso a noite,  depois de mais um dia livre. Viajein pela United, voo tranquilo, mas o comandante avisou que haveria turbulencia sobre o Caribe, por causa do furacaoh que assola a area. Dormia, como costumo fazer, quando acordei com aquele aviaoh chacoalhando, como se fosse cair. Foi pouco, uns minutos, mas como o tempo eh uma experiencia relativa, pareceu durar uma eternidade. Ontem a tarde, antes de embarcar, entrevistei Flavia Castro pelo telefone. Tenho as minhas diferencas com o filme dela, `Diario de Uma Busca`, mas adorei a Flavia, que tem uma suavidade para falar, ateh quando externa pontos de vista contrarios aos meus, que me encantou. Ninguem levantou a voz e eu tambem pude expressar minhas restricoes. Flavia eh uma filha falando de um pai que naoh eh heroi, mas, como ele diz, tambem naoh eh um porra-louca. Eu sou um pai, que nem sempre consegue, e talvez raramente (ou nunca) vah conseguir, mas que tenta ser um heroi para a Lucia, minha filha. Foi um dialogo muito intenso, muito sofrido ateh, porque falamos, de ambas as partes, com abertura e sinceridade. E a Flavia me contou que, competindo em Biarritz, o filme dela derrotou o de Patricio Guzman, … O presidente do juri era Nicolas Phillibert, o grande documentarista de `Ser e Ter`, que ficou um tempaoh no Unibanco, anos atras. Na sua justificativa, Phillibert assinalou que, embora feito por diretora principiante, o filme revela grande riqueza cinematografica. Foi o que a Flavia me perguntou. Ela entende as minhas objecoes, mas eu naoh gosto do filme dela nem um pouquinho, nem como cinema? Prometi rever, naoh para contenta-la, porque eh uma coisa natural, rever filmes, principalmente brasileiros, com os quais tenho diferencas. Tambem quero rever o da Lucia Murat, `Uma Longa Viagem`, que venceu em Gramado, e a Flavia era jurada. Apesar do meu respeito – e ateh carinho – pela Lucia, fui guerreiro para que `Quase Dois Irmaos` ganhasse o Festival do Rio, gostei menos ainda do filme dela, que tambem fala da repressaoh durante o rtegime militar, e da guerrilha, pelo angulo de outro nao-heroi. O pai da Flavia, o irmao da Lucia, independentemente de gostar (mais, menos ou nada) saoh filmes importantes. E, ao voltar ao Brasil, vou correndo rever o`Diario`.