Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Globos de Ouro

Cultura

Luiz Carlos Merten

11 Dezembro 2008 | 14h17

Saiu a lista dos indicados para o Globo de Ouro. Estava aqui em casa, redigindo uns textos para a edição de amanhã do ‘Caderno 2’. Nem sabia que o anúncio seria hoje – vocês não me avisaram! Me ligou um povo do Terra e me colocou no ar sem prévia nenhuma. Acho que não fiz mais feio porque alçguns de vocês me haviam feito aqueles comentários, no post ‘Na ante-sala do Oscar’, sobre ‘Milk’, ‘Frost/Nixon’, ‘Slumdog Millionaire’ e por aí afora. A proosito, ainda não devolvi a provocação do Quintão, que me perguntou quem seria o Stanley Kramer atual – Ron Howard ou Edward Zwick? Não faça isso comigo, Quintão, mas eu gostei de-mais de ‘O Último Samurai’, mais até pelo personagem, mítico de Ken Watanabe do que pelo Tom Cruise, embora ele esteja bem (e a história tenha me emocionado). Enfim, de volta ao Globo de Ouro, pode ser que o prêmio não tenha mais aquele caráter de prévia do Oscar, mas, enfim, o que pintou nos indicados da Associação dos Cronistas Estrangeiros de Hollywood foi o que vocês me apontaram como tendências para o Oscar de 2009. O Brasil não foi indicado para o Globo de melhor filme estrangeiro, mas pelo menos três dos cinco indicados são filmes que já vi. Gosto demais de ‘Gomorra’, do italiano Matteo Garrone, e da animação israelense ‘Waltz with Bashir’, de Ari Folman, mas também me encantei com o sueco ‘Everlasting Moments’, de Jan Troell, que vi na Suécia, no Swedish Institute, quando lá estive para participar da Semana Bergman. É uma história muito bonita, a crônica de uma família vista pelo olhos da mulher, que desafia o marido violento (mas que a ama) e vira fotógrafa. O filme conta uma história das transformações ocorridas na Suécia pelos olhos dessa mulher, mas eu espero não tirar a graça ao dizer que só no final, na derradeira foto, ela vira a câmera para si mesma e se coloca numa de suas fotos. Achei lindo!’Frost/Nixon’, de Ron Howard, e ‘O Estranho Caso de Benjamin Button’, de David Fincher, lideram as indicações na categoria de drama, cada um com cinco, mas o ‘Milk’, de Gus Van Sant, e o ‘Slumdog’, de Danny Boyle, também estão bem na fita. Como antecipei, mas no ‘chute’, vamos ter uma disputa entre o casal 20 – Angelina Jolie concorrendo a melhor atriz de drama, por ‘A Troca’ (The Changeling), de Clint Eastwood, e Brad Bitt, indicado a melhor ator, tambem de drama, pelo filme de David Fincher. Esta parceria, aliás, dá certo, como provaram ‘Seven – Os Sete Crimes Capitais’ e ‘O Clube da Luta’. Os dois filmes, o do Clint e de Fincher, estréiam no mesmo dia, 16 de janeiro, ou com diferença de uma semana – um, no dia 9 e o outro, no 16. Confesso que não tive muita paciência para conferir as indicações de TV, mas já que assumi que gosto de ‘House’ espero que a série esteja concorrendo (e o ator também).