Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Finais

Cultura

Luiz Carlos Merten

06 Dezembro 2011 | 12h27

DUBAI – Xokito me pergunta quais os cinco melhores finais de filmes, os meus, claro. Nunca pensei nisso, o final como uma coisa em si, mas com certeza o de `Rastros de Odio`, de John Ford, quando John  Wayne abre os bracos para acolher a sobrinha que procurava para matar, eh um deles. O de `Cidadaoh Kane`, de Orson Welles, eh outro fascinante. Jah que o filme se constroi a partir de um falso enigma – Kane estava sozinho, ninguem estava por perto quandeo ele disse Rosebud e, portanto, como o jornalista poderia inquirir? Da mesma forma, somente nos, o publico, somos testemunhas do desfecho, o novimento de camera quie desvenda a palavra escrita no trenoh. Amo o final de `Rocco e Seus Irmaos`, mas o classico de Luchino Visconti eh meu filme favorito de todos os tempos. Apos o discurso de Ciro, o irmaoh politizado, operario sindicalizado da Alfa Romeo, Lucca vai por aquela estrada com a foto de Rocco, na capa do jornal, colada na parede. Existe ali uma promessa. Lucca voltarah ao paese para construir sua vida. Se escrever mais uma palavra eu choro de inundar o teclado do computador. Amo o desfecho de tantos filmes. Marcello Mastroianni que naoh entende, por causa do ruido do mar, o que Valeria Ciangottini lhe diz em `A Doce Vida`, de Federico Fellini. Esses italianos – e o final de `A Noite`, de Michelangelo Antonioni, a carta que Jeanne Moreau leh para Mastroianni? Antonioni, de novo – o tenis sem bola no desfecho de `Blow-Up, Depois Daquele Beijo`? E Fellini, Giulietta Masina que se ergue do solo para recomecar em `As Noites de Cabiria`, como Zampano, Anthony Quinn, tambem toca o solo, para dele retirar energia em `La Strada`? Tantos finais maravilhosos… Andy Devine chorando no ultimo plano de `O Homem Que Matou o Facinora`, de John Ford; o glorioso da familia na feira em `Meet Me in  St. Louis, de Vincente Minnelli; a corrida de Manoel e o mar em `Deus e o Diabo na Terra do Sol`, de Glauber Rocha – mas esse eh quase um plagio, e daih, da corrida de Antoine Doinel, que tambem termina frente ao mar, em `Os Incompreendidos`, de Francois Truffaut. A fala de Lee Marvin em `Os Profissionais`, de Richard Brooks. `No meu caso, ser filho da p… foi um acidente de nascimento; voceh se fez assim`, para o marido de Claudia Cardinale. Meus amigos. Foram esses finais que me vieram agora. Se pensasse, acharia outros, quem sabe ateh melhores. Postem os de voces. Xokito, posta os teus e depois a gente se fala.