As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festival de Gramado (9)/Pitanga!

Luiz Carlos Merten

23 Agosto 2017 | 18h24

GRAMADO – Encontrei Marcelo Galvão, que me disse – lá vem correção! – que no post sobre O Matador chamei de Sete Léguas um personagem que, na verdade, é Sete Orelhas. Dito isso, vamos adiante. Revi, agora à tarde, Pitanga. O ator mítico do Cinema Novo, o corpo sempre em movimento… Pitanga recebe agora à noite a homenagem do 45.º Festival de Gramado. Entrei no palácio dos festivais tentando me enganar, dizendo que ia ver só um pouco, mas gosto tanto do filme que fui ficando, ficando… Eduardo Coutinho criou um estilo de documentário baseado na conversa. Beto Brant e Camila Pitanga, filha de Antônio, inventaram uma nova forma de filmar o encontro, e a conversa decorrente. Pitanga e suas mulheres – Elisa (Lucinda), Tamara (Taxman), Ítala (Nandi), Zezé (Motta), Bené. O encontro com Vera Manhães, narrado por uma delas. Os amigos (Sílvio Guindane é genial, Cacá, Sérgio Ricardo, Martinho da Vila). Os filmes. Os filhos, Camila e Rocco. Tenho a impressão que nunca vou me cansar de ver esse filme mágico. Um homem político, um ser amoroso. Um artista cidadão. Pitanga, o personagem, o homenageado, merece ser aplaudido de pé nesta que será uma bela noite.