Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Eros que nos ajude!

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

Eros que nos ajude!

Luiz Carlos Merten

05 Setembro 2007 | 17h55

Vocês não me contam nada! O que seria de mim, se não fosse a Flávia Guerra, minha colega do Estado, que fica navegando em busca de notícias para nos divertir? Flávia acaba de me contar sobre a sensação de Veneza. Que Brian De Palma, que nada! Segundo ela, o filme que caiu como uma bomba foi o de Lee Kang-sheng, ator de Tsai Ming-liang, que estréia na direção com Help Me Eros, no qual seu mentor faz um importante papel, como cozinheiro gay. Pelo que me contou a Flávia, a trama do filme tem mais safadeza do que o Cine Privê da Band, na madrugada de domingo, mas se vocês acham que é só pornografia é porque não sabem o que é arte! Lee, no filme, faz um executivo deprimido que só pensa em sexo e Tsai vive cozinhando para manter a mulher obesa (cada vez mais…), de forma a que ela se esqueça de sexo e o deixe livre para borboletear. A questão é que ele é especialista em pratos com enguias e a mulher descobre que as enguias – vivas – podem ser excelentes substitutos para… Vocês sabem o quê. Lee Kang-sheng tem aquela cara de anjo. Ele já veio a São Paulo, acompanhando o Tsai – e a expectativa é a de que Leon Cakoff traga o filme para a Mostra. O próprio Tsai faz uns filmes com abordagens pesadas sobre sexo, mas se você puxa o assunto ele faz uma cara tão inocente, de quem não sabe nada, que você até fica sem graça, se achando pervertido. Eros que nos ajude! Agora, chega! Preciso fazer minhas matérias do dia, no Estado.