Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Enquanto os filmes não começam

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

Enquanto os filmes não começam

Luiz Carlos Merten

06 Agosto 2010 | 17h25

GRAMADO – Cá estou na cidade serrana do Rio Grande do Sul, onde daqui a pouco começa o 38º Festival de Cinema. Aliás, já começou, às 5, com Orquestra Sinfônica, discursos e etc. Os filmes, propriamente ditos, decolam às 7, primeiro com a exibição, fora de concurso, de ‘Bróder’, de Jefferson De, e na sequência com ‘Enquanto a Noite não Chega’, que Beto Souza adaptou do livro de Josué Guimarães. Sempre gostei muito dessa narrativa crepuscular, um casal de velhos numa cidade que está sendo engolida pela areia e onde, além deles, só mora o coveiro. ‘Enquanto a Noite…’ ecoava no meu imaginário quando assisti a ‘Hamaca Paraguaya’  no Festival de Cannes, integrando o júri que ia atribuir a Caméra d’Or, mas não houve jeito de convencer os irmãos Dardenne da riqueza do filme de Paz Encima. Eu até gosto dos filmes dos caras – gostava mais, é verdade -, mas me surpreendi que eles só consigam ver e pensar num tipo de cinema, e é o deles. Perguntei a Paz se conhecia o livro e ela respondeu que não, até se interessou bastante. No filme dela, o casal de velhos senta-se frente ao que parece uma floresta e conversa à espera do filho. São só eles, ninguém mais. Antes do filme, e também sem conhecer o livro, meu amigo Duib Carneiro escreveu uma peça, ‘Anoitecer’, sobre outro casal de velhos que também espera…. O quê? A morte? A peça tem uma opção de montagem, não me lembro por quem. É muito bonita. Estou cheio de expectativa pelo filme, pelo festival. E eu amava Josué Guimarães, com quem nunca falei. Via-o seguido na redação de ‘Zero Hora’, quando trabalhava no jornal. Alto, barbas grisalhas, um sorriso cativante. Josué escreveu vários livros, mas o meu favorito é ‘Tambores Silenciosos. Pertencia a uma linhagem de grandes escritores gaúchos. Espero que o filme esteja à altura do livro, e do autor.