Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » E o Redentor vai para…

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

E o Redentor vai para…

Luiz Carlos Merten

18 Outubro 2011 | 13h16

RIO – Cá estou numa lan house do Largo do Machado. Vou aproveitar para postar rapidinho, enquanto espero a hora de ver o novo Todd Solondz, ‘Dark não-sei-das-quantas”. O Festival do Rio termina hoje à noite com a entrega do troféu Redentor aos melhores da Première Brasil. Na matéria de hoje do ‘Caderno 2’ digo que não estava gostando da seleção, exceto, entre as ficções, de ‘Mãe e Filha’, mas aí, na reta final, surgiram vários bons filmes. O júri presidido por Roberto Farias vai tratar bem o filme do cearense Petrus Cariry? E o ‘Matraga’ de Vinicius Coimbra? ‘Sudoeste’? ‘Amanhã Nunca Mais’? A Première de 2011 terminou ontem com o documentário de Walter Carvalho sobre Raul Seixas. ‘Raul, o Começ0 e o Fim’ foi uma surpresa, para mim, como tinha sido ‘A Era dos Campeões’ Achava que conhecia o maluco beleza, mas descobri que não sabia nada sobre ele e encontrei um personagem audacioso/maravilhoso. Talvez, para dar conta de Raul, Walter Carvalho tivesse de ter feito um filme mais louco. Pode ser, mas eu saí do Odeon com a cabeça a mil e vontade de cantar todas aquelas músicas. Agora, é  ver o Todd Solondz e me preparar para a premiação. A rara unanimidade, escrevo hoje no ‘Caderno 2’, é Camila Pitanga. Todo mundo com que falo a aponta, pela entrega, como melhor atriz. Camila leva, pelo filme de Beto Brant e Renato Ciasca? O suspense acaba logo mais.