Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » E o ‘dragão’, hein?

Cultura

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cultura

E o ‘dragão’, hein?

Luiz Carlos Merten

02 Abril 2010 | 12h31

Estou atrasado com algumas atrações do circuito comercial (ia escrever ‘normal’). Ainda não vi ‘Os Homens Que Encaravam Cabras’ e ‘Percy não-sei-das-quantas’. Ontem, saí do jornal para ver o ‘Cabras’ e o motorista, para fazer gracinha, perguntou se era um filme sobre nordestinos. Terminei, por uma questão de horário, vendo ‘Como Treinar Seu Dragão’, que adorei. Não sabia nem quem era o diretor. São dois, Dean DeBlois e Chris Sanders, e quando vi os nomes de ambos, nos créditos finais, matei a charada. O dragãozinho, que precisa da ajuda do herói para voar – devido a seu defeito de nascença –, é uma variação do alienígena de ‘Lilo e Stitch’, que eles também dirigiram. Chamado de fúria da noite, o destruidor Banguela também pode ser uma doçura. Não foi a única semelhança que detectei. A aliança dos vikings com os dragões, que passam de inimigos a bichos domésticos, me pareceu muito próxima à união dos na’vis com os animais míticos da floresta de ‘Avatar’ para combater o imperialismo guerreiro. Sou pior do que criança. Quando o herói estende a mão e a garota salta no dragão para aquele vôo – um eco longínquo do desfecho de ‘Rastros de Ódio’, talvez, com John Wayne estendendo a mão para acolher Natalie Wood –, confesso que chorei. Fazer o quê?  As lágrimas vêm, num impulso incontrolável. Quero ver se hoje encaro os (as) ‘Cabras’ e, talvez, o ‘Percy Jackson’, se ainda estiver em cartaz. Vocês viram? Gostaram? Dêem notícias.