Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » E o Coringa?

Cultura

Luiz Carlos Merten

25 Julho 2008 | 16h20

A Ansa, agência italiana de notícias, exige crédito para a informação que vocês vão ler agora. Saiu hoje uma lista na Inglaterra com os maiores vilões da história do cinema. A lista já nasceu morta, agora sou eu que digo, não a Ansa. Hannibal Lecter é o maior vilão e é perfeitamente possível entender o fascínio pelo personagem interpretado por Anthony Hopkins em ‘O Silêncio dos Inocentes’ e ‘Hannibal’. Darth Vader ficou em 2º, tudo bem, mas os 2.500 ingleses que opinaram pelo visto não haviam assistido a ‘Batman – Cavaleiro das Trevas’, porque ignoraram o Coringa de Heath Ledger. Tommy DeVito, interpretado por Joe Pesci em ‘Os Bons Companheiros’, ficou em 3º; Javier Bardem, ou melhor, Anton Chigurgh, de ‘Onde os Fracos não Têm Vez’, em 4º; e Hans Gruber, ou Alan Rickman, de ‘Duro de Matar’ (o primeiro da série), em 5º. Kathy Bates é a única mulher entre os primeiros da lista, como a fã de ‘Louca Obsessão’. A nota não informa em que lugar ela ficou e também não diz nada sobre outros três selecionados, só acrescentando que o Al Capone de Robert De Niro em ‘Os Intocáveis’ ficou em 10º. A menos que um dos três que faltam seja o reverendo Robert Mitchum de ‘O Mensageiro do Diabo’, de Charles Laughton, a tal lista é mais furada do que peneira. E os vilões da série 007? Nenhum? Tudo bem que se possa discutir, tecnicamente, se Norman Bates é um vilão (ou não), mas nada de Hitchcock, também? Nem o Joseph Cotten de ‘A Sombra de Uma Dúvida’, com sua desconcertante ‘normalidade’, nem o Robert Walker de ‘Pacto Sinistro’, com seu sorriso diabólico? Que raio de lista é esta?