Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » E não é que ele acertou?

Cultura

Luiz Carlos Merten

23 Maio 2010 | 15h13

CANNES – Abençoado Tim Burton. Deu uma lição aos críticos de m… que outorgaram o prêmio da Fipresci a ‘Tournée’, de Mathieu Amalric. Ele agradeceu a Thierry Fremaux pela bela seleção que privilegia a família, não no sentido Disney, mas por meio de filmes que exploram o assunto de várias formas, e foi isso, realmente, que fez essa seleção. ‘Uncle Boonmee Who Can Recall His Past Lives’, do tailandês Apichatpong Weerasethakul, acaba de receber a Palma de Ouro do 63.o Festival de Cannes. O júri promoveu um loteamento dos prêmios e, no geral. acertou, mesmo esquecendo o ucraniano, maravilhoso. Javier Bardem e Elio Germano (do filme italiano ‘La Nostra Vita’) dividiram o prêmio de ator, Juliette Binoche foi melhor atriz – e ela voltou a apelar pela libertação de Jafar Panahi, repetindo o que me disse na entrevista de hoje do ‘Caderno 2’ (‘Um país precisa de seus artistas, de seus intelectuasis’) e o coreano Lee Chang-dong ganhou o prêmio de roteiro. O prêmio especial foi para Xavier Beauvois, por ‘Des Hommes et des Dieux’. Tim Burton acertou tanto que merece respeito. O ucraniano foi demais para ele, mas esse erro lhe será perdoado pela bela vitória de Apichatpong.